Iniciou os estudos musicais aos 10 anos na escola EMIA (Mogi Guaçu/SP), onde aprendeu flauta-doce e violão popular. Continuou seus estudos no violão erudito e guitarra(prof. André Luiz Delfino) e, também, clarineta (prof. Benedito Carvalho).

Ainda em Mogi Guaçu, entrou para a banda Corporação Musical Marcos Vedovello, com várias apresentações na cidade e em cidades vizinhas.
Ingressou no Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos (Tatuí/SP),estudando violão erudito (prof. Ricardo Grion) e, depois, no Conservatório Souza Lima (São Paulo/SP), violão popular e erudito (prof. Evandro Pichirilli).

Com mais de duas décadas de experiência, já lecionou violão e teoria musical em várias escolas da região, além de aulas particulares. Licenciada em Educação Musical (2014) pela UNIMES-Santos, é também autora de um método de ensino de violão para deficientes visuais (matéria de reportagem na revista Ao vivo em 2005) – experiência colocada em prática hoje dentro do projeto PROMUVI – Música Transformando Vidas, onde ensina violão e ukulele para alunos com deficiência visual.

Atuou também como professora de música em escolas regulares de Santos: Escola Peter Pan (2003 – musicalização infantil e flauta doce) e Colégio do Carmo (2004 a 2007 – violão popular). Atualmente Integra o projeto Tem Música no Ar, voltado ao ensino de música para crianças em escolas da região (Colégio Presidente Kennedy e Colégio Stella Maris), onde leciona ukulele e violão.


Nos palcos, já atuou como violonista ao lado do cantor Roberto Taboada em shows na região e integrou o Trio Aruê, como ukulelista. O trio, voltado para a música brasileira instrumental, realizou diversas apresentações em Santos e São Paulo, com destaque para a participação na 6ª Edição do Rio Santos Bossa Fest (2019).